sexta-feira, 5 de março de 2021

Prefeita Nicinha Melo adere ao consórcio para compra de vacinas contra a Covid-19




Na manhã desta quinta-feira (4), a Prefeita Nicinha Melo assinou a adesão do município de Tabira ao consórcio para compra de vacinas contra a Covid-19.O consórcio é organizado pela Frente Nacional dos Prefeitos-FNP.

O anúncio foi realizado através de transmissão ao vivo pelas redes sociais da Prefeitura, com transmissão simultânea nas rádios comunitárias Tabira FM e Cultura FM.

Participaram da transmissão ao vivo a Secretaria Municipal de Saúde, Genedy Brito, e o Secretário de Administração, César Pessoa.

A Prefeita Nicinha Melo falou da importância em aderir a este consórcio "Esse é um passo de fundamental importância. Nossa equipe não tem medido esforços no combate à pandemia". Afirmou a prefeita.

Essa é mais uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Tabira, juntanente com a Secretaria Municipal de Saúde, que visa ampliar a oferta das doses de vacinas contra a COVID-19.

quinta-feira, 4 de março de 2021

Limpeza Urbana de Tabira em Ação

 LIMPEZA URBANA - A equipe de Limpeza Urbana não para, iniciou a podagem das árvores que embelezam nossas vias e praças, além de ter realizado limpeza na COHAB.





Tabira adere ao consórcio para Compra de Vacinas contra Covid

 


     A Cidade de Tabira foi mais uma a Aderir ao Consórcio da Frente Nacional de Prefeitos. O projeto surgiu como uma opção para as prefeituras realizarem compras de imunizantes na tentativa de eliminar a lentidão do Plano Nacional de Imunização ( PNI ) na distrbuição das doses.

 A Solenidade aconteceu nesta Quinta Feira dia 04/03 no gabinete da Prefeitura, e contou com a  Prefeita Nicinha Melo, Genedy Brito Secretária de Saúde além dos Secretarios do Governo Municipal e foi transmitido pela a Página da Prefeitura no Facebook  e as Radios Tabira FM e Cultura Fm.

Em Breve mais Informações 

Guarda Municipal e Vigilância Sanitária fiscalizam e orientam comerciantes

Foto enviada pela a Guarda 


Na noite desta quarta-feira, 03 de março de 2021, a Guarda Municipal de Tabira juntamente com a equipe da vigilância sanitária do município realizaram em todos os bairros da cidade a fiscalização do cumprimento do decreto municipal Nº 011/2021, o decreto estabelece medidas de enfrentamento a COVID-19, como horários e dias de funcionamento do comércio, na ação os comerciantes forma orientados quanto a todas as medidas necessárias para combater a pandemia. A coordenadoria da vigilância, o comando da guarda municipal e os demais órgãos de fiscalização somam forças para combater a disseminação da doença.


GMT na proteção do que é mais importante, o povo Tabirense!

quarta-feira, 3 de março de 2021

Prefeita Nicinha Melo se reuniu com a Equipe do IPA

 


PARCERIA- A prefeita Nicinha Melo participou, na manha dessa terça-feira (2), de uma reunião com integrantes do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA). A comitiva do Instituto foi composta por o Gerente Regional, Petrônio, o Supervisor Regional, Daniel e por Aleide Godê.

Participaram da Reunião o Secretário de Agricultura, Joel Mariano, A Secretária de Assistência Social, Maria de Lourdes, e a Secretária de Comunicação, Rafaella Gomes.
Na pauta, a abordagem o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), informações sobre capacitações profissionais para geração de emprego e renda para os tabirenses, alem de ratificar a continuidade com a parceria com o Instituto.

Após pressão, Ministério da Saúde decide comprar vacinas da Pfizer e da Janssen

 


BRASÍLIA – O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira, 3, que irá comprar as vacinas da Pfizer e da Janssen, após meses rejeitando propostas destas empresas. Segundo a pasta, o ministro Eduardo Pazuello pediu para a sua equipe "acelerar" os contratos. Em reunião com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o general afirmou que a compra com a Pfizer poderia ser concluída ainda nesta quarta.

A fala de Pazuello ocorre no momento de explosão de internações e colapso de sistemas de saúde em todo o País. O governo é pressionado para ampliar a oferta de imunizantes, mas Pazuello e o presidente Jair Bolsonaro rejeitam há meses a oferta da Pfizer.

O ministro não informou quantas doses da Pfizer devem ser compradas. Em apresentações recentes a prefeitos e governadores, Pazuello disse que a negociação seria por 100 milhões de doses, mas com a entrega de uma primeira parcela de 8,71 milhões de doses em julho. O restante, entre outubro e dezembro. Nos últimos meses, o titular da Saúde tem sido pressionado a avançar nas negociações com as farmacêuticas e ampliar a lista de vacinas à disposição.

A Câmara aprovou na terça-feira, 2, um projeto de lei para que a União possa assumir as responsabilidades por eventuais efeitos adversos de vacinas da covid-19. Trata-se de exigência da Pfizer e da Janssen que o governo vinha apontando como abusiva. Como revelou o Estadão, esta permissão chegou a ser colocada em versão prévia da medida provisória 1.026/2021, com aval da pasta de Pazuello e da área jurídica do governo, mas foi excluída do texto final, publicado em janeiro.

Pazuello também pediu para a sua equipe acelerar a compra da vacina da Janssen, segundo apurou o Estadão com um auxiliar do ministro. Este imunizante tem eficácia de 66% e exige a aplicação de apenas uma dose, mas ainda não tem aval para uso no Brasil. O Brasil negocia 38 milhões de doses desta vacina, que chegariam ao País a partir de outubro. Também procurada pelo Estadão, a Janssen ainda não se manifestou.

A vacina da Pfizer foi a primeira a receber registro pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) contra a covid-19, em 23 de fevereiro. O imunizante tem eficácia global de 95%. Para a população acima de 65 anos, alcança 94%, segundo avaliou a agência sanitária.

Apesar da alta eficácia, Bolsonaro desdenhou em mais de uma oportunidade da proposta do laboratório para venda da vacina. “Lá no contrato da Pfizer está bem claro: ‘Não nos responsabilizamos por qualquer efeito colateral. Se você virar um jacaré, é problema de você’”, disse o presidente em 17 de dezembro. Procurada pela reportagem, a farmacêutica americana ainda não se manifestou. Pazuello deve ser reunir com representantes da empresa ainda nesta quarta.

A previsão de compra de Pazuello também pode esfriar articulações de prefeitos e governadores para a compra de vacinas em consórcio. Esta possibilidade foi levada ao ministro durante a reunião. O titular da Saúde, no entanto, tem dito que todas as vacinas com registro no País serão adquiridas pelo governo federal, não havendo a necessidade de que Estados e municípios adquiram por conta própria.

O governador João Doria (PSDB), por exemplo, disse nessa terça-feira que autorizou a compra de 20 milhões de doses da Pfizer e também 20 milhões de doses do imunizante russo Sputnik V.

Prefeita de Tabira visita Carnaíba para conhecer o modelo de gestão



 Na manhã desta quarta-feira (03.03), a prefeita de Tabira, Nicinha Melo, visitou a Prefeitura de Carnaíba, para conhecer o modelo de gestão e trocar experiências.

Ela esteve reunida com o vice-prefeito de Carnaíba, Júnior de Mocinha, e o chefe de gabinete do prefeito, Renan Andrade. O prefeito Anchieta Patriota não pode participar, em virtude agenda na zona rural.

Nicinha Melo, que esteve acompanha da diretora de convênios de Tabira, Pedrina, conheceu o modelo de gestão do governo de Carnaíba. Dentre os assuntos abordados, a redução de despesas, com medidas pioneiras que foram implantadas pela gestão municipal, Serviço de Inspeção Municipal – SIM e outras medidas adotadas pelo governo de Carnaíba. 

A gestão carnaibana se colocou à disposição de Tabira, para partilhar as experiências exitosas de Carnaíba. 

A prefeita agradeceu a recepção e convidou-os para visitar Tabira, mantendo-se um elo de comunicação entre os municípios.

GIRO DE NOTÍCIAS

Prefeita Nicinha Melo adere ao consórcio para compra de vacinas contra a Covid-19

Na manhã desta quinta-feira (4), a Prefeita Nicinha Melo assinou a adesão do município de Tabira ao consórcio para compra de vacinas contra ...